Como iniciar sua loja online: 4. Preste atenção à escolha do provedor.

 4. Preste atenção à escolha do provedor.



Com a plataforma de e-commerce escolhida e o domínio registrado, é hora de decidir qual será o provedor ideal para sua loja virtual.


Seja pela matéria-prima ou pela compra do produto acabado, é fundamental escolher uma empresa alinhada aos seus princípios e manter um relacionamento saudável com o fornecedor, pois será a base para o bom funcionamento do seu e-commerce. .


Considerando isso:


1. Defina o modelo econômico

Primeiro, analise o modelo de negócios que você escolherá. Hoje em dia há dois  muito populares: O Padrão (em que você guarda seus produtos em seu estoque) e o Dropshipping (onde você faz a venda de um produto que você não possui em mãos, e pede para que o seu fornecedor entregue diretamente para o seu cliente, destaq forma, você nunca encalha!)


No primeiro caso, as vantagens são: menor tempo de remessa e conhecimento de seus produtos (quantos estão disponíveis, por exemplo); e as desvantagens: maior investimento econômico e necessidade de espaço físico.


No dropshipping, os pontos positivos são: a variedade de mercadorias e a mobilidade (poder trabalhar de qualquer lugar, já que não precisa ter estoque); e problemas negativos: barreiras alfandegárias (já que os fornecedores geralmente vêm do exterior) e diminuição das vendas.


É preciso também lembrar o respeito às obrigações tributárias, para não cair na ilegalidade.


2. faça uma comparação dos prós e contras

Com o conjunto de modelos, procure provedores na internet e / ou peça orientações, caso você conheça alguém de sua confiança no seu nicho. Entre em contato com eles e liste (em planilhas do Excel, por exemplo) os prós e os contras de cada um. Para fazer isso, considere:


Qualidade e produção: se possível, solicite amostras para verificar se os produtos estão bem feitos e atendem às necessidades do seu público-alvo;

Localização: descubra se os fornecedores estão próximos e quanto tempo leva para entregar;

Suporte e reputação: Descubra em sites, como o Claim Here, se as empresas têm boa reputação e oferecem suporte aos empreendedores;

Preço: faça um plano financeiro e avalie as ofertas que cabem no seu bolso; aqui a relação custo-benefício tem que falar mais alto.

Comentários